sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

2010 - COMUNIDAES DO SAMBA DE SÃO PAULO

Neste ano de 2010 já comentei com vários amigos que pretendo visitar várias Comunidades do Samba de São Paulo que ainda não tive o prazer de conhecer, e também dar continuidade as visitas nas comunidades que já conheço, fortalecendo o laço de amizade com as pessoas maravilhosas que tive o prazer de conhecer através do samba.
Iniciando essa maratona, na última terça-feira fui até a quadra do Vai-Vai visitar a Comunidade Samba Nosso de Cada Dia. Localizada num grande reduto do samba de São Paulo, essa comunidade preza pelo samba inédito, valorizando os compositores da própria agremiação e de outros redutos também. O samba conta ainda com várias participações de sambistas da própria escola e de outras comunidades.


P.S - Sempre na companhia dos meus parceiros Peterson e Dodô, ainda tive a satisfação de encontrar dois malandros da pesada:Pigu e Miguel, que pra nossa sorte já estavam embriagados e chegamos para reforçar o time. Vale ressaltar também a presença do amigo Tico do Vai-Vai, que há tempos nos convidava para conhecer essa comunidade.

2 comentários:

MIGUEL disse...

Fala Anderson, valeu pelo salve, a luta pela bandeira do samba nunca pode morrer, graças a algumas pessoas que iniciaram o movimento e divulgação do bom samba e sua estrutura de forma como jamais se viu em terra paulista, dentre elas destaco nós (geral) de São Mateus e o pessoal do Samba da Vela, de 10 anos para cá podemos conferir a grande difusão que esta caminhada gerou, e isso pode ser visto com o grande número de comunidades do samba que há em São Paulo, além do conhecimento gerado entre os grupos de São Paulo e do Brasil, que passaram a inserir em seu repertório pérolas da música popular além da grande influência como podemos ver em algumas novas composições. É isso ai meu camarada, continue nesta caminhada, mostrando o Samba nosso de cada dia!

Anderson Alves disse...

é isso aí Miguelito...tamo junto...bem lembrado....essa nossa caminhado no samba já tem um tempo. Tamo ficando velho....rsrsr...coisas da vida!!